top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

A inveja narcisista

A inveja se manifesta na vida do narcisista de duas maneiras:


Quando ele não está invejando os outros, é porque acredita que os outros estão invejando-o. Essa mentalidade distorcida é tão equivocada quanto sua visão deturpada de si mesmo e das pessoas ao seu redor.

O narcisista é obcecado pela sua imagem, tanto pela que projeta nos outros como pela que os outros projetam nele.

A inveja é o espelho que reflete a falta de autoestima do narcisista. Ela representa uma fonte significativa de amargura na vida da vítima.

Um dos momentos mais dolorosos para a vítima é perceber que está sendo alvo da inveja do seu parceiro(a) narcisista.

Isso acontece quando a vítima começa a perceber a hostilidade do narcisista, expressa por sua frieza, comentários desdenhosos e comportamento irritadiço. Isso leva a vítima a sentir-se excluída e inadequada, quase como se não pertencesse a sua própria pele.


Qualquer sucesso ou talento da vítima é encarado como uma ameaça direta ao narcisista. O narcisista não escolhe a vítima para apoiá-la em suas conquistas pessoais, mas para impulsionar as suas próprias. A inveja do narcisista é o medidor do sucesso da vítima. O narcisista só consegue tolerar as realizações da vítima quando estas estão abaixo das suas próprias ou quando se equiparam.

Desde o início do relacionamento, a vítima aprende a limitar seus esforços para não ofuscar o narcisista. Qualquer reconhecimento que a vítima receba por suas qualidades individuais é visto pelo narcisista como uma afronta pessoal.

No palco da vida, somente o narcisista tem permissão para brilhar, e a inveja faz com que ele se comporte como uma criança mimada. A vítima só é autorizada a se orgulhar de suas conquistas quando atribui o mérito ao narcisista, seja de forma direta ou indireta. O sucesso da vítima é automaticamente creditado à genialidade do narcisista e só atrai admiradores porque a vítima aprendeu a imitar o estilo cativante do seu parceiro narcisista.


Devido à influência do narcisista, a vítima perde a capacidade de ser ela mesma, e qualquer falha em adular o narcisista é interpretada como inveja, tanto pelo próprio narcisista como pelos outros.

Em seus momentos de reflexão narcisista, o narcisista se torna patético ao analisar como os outros o veem. Ele enxerga a vítima, assim como qualquer pessoa com quem mantém contato regular, como meras extensões de sua própria imagem.

Para o narcisista, a vítima não pode ter uma personalidade ou temperamento únicos; ela deve sempre se conformar às expectativas do narcisista, independentemente de quão altas ou baixas sejam.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Dissimulação do Narcisista: A Arte da Mentira

O narcisista faz da mentira seu hobby favorito, e ele não poupa esforços para enganar a vítima e todos à sua volta. Para ele, suas próprias vontades e desejos estão acima de tudo, e ele não hesita em

A Ausência de Compreensão do Narcisista:

A empatia é a habilidade de compreender e compartilhar os sentimentos dos outros. Pessoas comuns utilizam a empatia para expressar o amor e o respeito que têm uns pelos outros. A empatia fortalece os

Cortando Contato com o Narcisista:

Cada briga e discussão com o narcisista faz a vítima se sentir pequena, solitária e vazia. Ao contrário de pessoas equilibradas psicologicamente, o narcisista nunca pede desculpas por tratar alguém de

Comments


bottom of page