top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

A Mãe Narcisista

A mãe narcisista carece de empatia genuína, é egoísta, egocêntrica e não reconhece quando alguém precisa de ajuda emocional. Ela subestima e ignora conscientemente a dor da filha (ou filho), exigindo atenção incondicional para suprir suas próprias carências.


A mãe narcisista é abusiva e acredita que o título de "mãe" lhe confere imunidade e privilégios especiais. Ela usa abuso psicológico, verbal e emocional para se engrandecer, já que é incapaz de amar e aceitar a si mesma. A filha, por sua dependência natural da aprovação e amor materno, torna-se a vítima ideal para atender aos interesses narcisistas.


A mãe narcisista manipula a filha através do amor incondicional, fazendo-a acreditar em sua suposta inferioridade e na responsabilidade vitalícia pelo seu bem-estar.


A mãe narcisista provoca discussões e brigas constantemente. Sua insatisfação permanente consigo mesma, com suas ações ou com os outros leva-a a criar conflitos desnecessários para aliviar seu turbilhão emocional interno. Ela lida com a raiva descontando-a nos outros e raramente opta pelo diálogo ou entendimento, mantendo uma postura inflexível que perpetua a discórdia. Seu comportamento, ao sentir-se inadequada, visa fazer com que todos ao seu redor se tornem tão infelizes ou mais infelizes do que ela, para que possa finalmente sentir-se "em paz".

A Mãe Narcisista

A mãe narcisista cria um distanciamento emocional, reconhecendo apenas a validade de seus próprios sentimentos. Por se considerar merecedora de tratamento e atenção especiais, ela se recusa a se envolver emocionalmente com os outros. Sua atitude egoísta e egocêntrica impede o estabelecimento de uma conexão afetiva genuína com qualquer pessoa, incluindo sua própria filha (ou filho), tratando-os de forma fria, seca e distante quando o assunto não gira em torno de suas próprias necessidades emocionais.


A mãe narcisista torna toda a família disfuncional. Narcisistas frequentemente vêm de famílias disfuncionais, e a família criada por uma mãe narcisista acaba se tornando uma. É extremamente difícil manter uma convivência harmoniosa em família sob a influência direta de uma matriarca narcisista. Ela manipula todos ao seu redor para atender aos seus próprios interesses, prejudicando a união entre os membros da família. A mãe narcisista usa jogos emocionais para favorecer o filho ou filha que está mais disposto a satisfazer suas demandas excessivas, causando desentendimentos sutis e imorais entre irmãos.


A mãe narcisista se considera dona da verdade. Tudo o que ela alega sobre si mesma, sobre os outros e sobre o mundo é defendido como uma verdade inquestionável. Mesmo quando expressa ideias infantis e incoerentes, ela é inflexível em sua interpretação, não permitindo que suas afirmações sejam contestadas ou refutadas.

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page