top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

Carta aberta: Jessica, doeu né? ver distância ser mais forte que o amor

Jéssica confie em mim, não precisa ser tão dolorido assim...


Você viveu um amor intenso e verdadeiro, mas, seus caminhos tomaram rumos diferentes. Foi tudo tão rápido, você ainda não acredita que está longe de quem você considerava ser o seu verdadeiro amor.


Jéssica, eu sei que é difícil compreender, que no inicio é tão estranho saber que um grande amor não resistiu à distância. Não houve infidelidade, não houve falta de carinho, mas, a separação veio.


Foi tudo intenso demais, mas, chegou o momento de você curtir a sua própria companhia, você não está sozinha quando tem a si mesma.


Foi lindo, foi forte, foi intenso, foi amor... mas agora é hora de você se amar. Você amou o outro, e, ele te amou. Você foi privilegiada por viver um amor recíproco, mas, a vida é feita de ciclos, e o seu ciclo agora é você! Se ame, se cuide, se respeite, se priorize! Olhe-se no espelho e veja a razão da sua vida: Você!


*É apenas uma história fictícia baseada em leituras e reflexões.

121 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page