top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

Contato zero: O Silêncio Protetor

Quando se trata do "Contato Zero", a iniciativa geralmente parte da vítima, enquanto o narcisista opta pelo tratamento de silêncio.


Quando a vítima decide implementar o "Contato Zero" e encerra toda forma de comunicação, a ponto de fechar todas as "portas" para o narcisista, isso gera nele raiva e frustração.

Como resposta, o abusador tenta alternativas de comunicação, até mesmo recorrendo a terceiros para tentar se aproximar da vítima, muitas vezes disfarçando essa tentativa como uma coincidência fortuita.


O "Contato Zero" abala o narcisista, resultando na perda de controle que eles tanto prezam, pois eles costumam exercer poder sobre a vítima. Não é um sentimento de saudade, pois os narcisistas raramente têm essas conexões emocionais.


A perda de controle sobre a vítima pode desencadear ações mais incisivas por parte do narcisista, embora essas ações possam parecer despretensiosas. É crucial que a vítima que optou pelo "Contato Zero" mantenha sua determinação, verifique se todas as formas de comunicação estão de fato bloqueadas e esteja atenta às pessoas que podem ser usadas como intermediários pelo abusador.

A vítima deve evitar abrir qualquer "brecha" que possa fornecer ao narcisista informações sobre sua vida.


O "Contato Zero" é uma estratégia eficaz para a vítima deixar de ser um suprimento para o narcisista e, ao mesmo tempo, se recuperar emocionalmente. Envolve a interrupção da troca de informações tanto da vítima quanto em relação ao narcisista. A vítima se fortalece, deixa de procurar informações e remove objetos que possam desencadear lembranças sobre o abusador, auxiliando em sua recuperação física e mental.

Ela arquiva conversas para evitar revivê-las mentalmente e cair em armadilhas emocionais, evitando assim procurar informações sobre o abusador.


Para o narcisista, a vítima é vista como sua propriedade, e ele continuamente busca informações sobre ela, na esperança de obter suprimento narcisista. Qualquer sinal de mudança na vítima é interpretado como uma oportunidade para recuperar o controle, o que aumenta as chances de retorno do narcisista.


Infelizmente, a vítima precisa redobrar sua cautela. As redes sociais da vítima são constantemente monitoradas pelo narcisista, que interpreta tudo o que ela posta como se fosse relacionado a ele, pois se considera o centro de tudo.

Quando a vítima deixa de agir como uma "marionete" e passa a ter vontades próprias, resistindo aos estímulos do narcisista, ele percebe que seu poder está diminuindo, o que resulta em raiva e desejo de vingança. Trazer a vítima de volta se torna uma obsessão para o narcisista, pois seu senso de controle foi desafiado, não por sentimento de saudade, mas por uma questão de domínio.


A perda de controle é especialmente desconfortável para o narcisista, mesmo que ele já tenha outras fontes de suprimento. Eles mantêm sua sensação de grandiosidade, afirmando que a vítima "não é digna" ou "não serve", a fim de proteger sua autoimagem.

Se a vítima demonstra resistência e não permite que o narcisista a manipule de volta para o ciclo de abuso, ele mantém sua posição de superioridade, sempre centrando o foco em si mesmo.


O narcisista raramente questiona se a vítima está resistindo por conta própria, e acredita que a vítima deveria ser grata por estar ao seu lado. O "Contato Zero" significa, de fato, ZERO contato, servindo como um escudo emocional e físico para a vítima.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Dissimulação do Narcisista: A Arte da Mentira

O narcisista faz da mentira seu hobby favorito, e ele não poupa esforços para enganar a vítima e todos à sua volta. Para ele, suas próprias vontades e desejos estão acima de tudo, e ele não hesita em

A Ausência de Compreensão do Narcisista:

A empatia é a habilidade de compreender e compartilhar os sentimentos dos outros. Pessoas comuns utilizam a empatia para expressar o amor e o respeito que têm uns pelos outros. A empatia fortalece os

Cortando Contato com o Narcisista:

Cada briga e discussão com o narcisista faz a vítima se sentir pequena, solitária e vazia. Ao contrário de pessoas equilibradas psicologicamente, o narcisista nunca pede desculpas por tratar alguém de

Comments


bottom of page