top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

Cortando Contato com o Narcisista:

Cada briga e discussão com o narcisista faz a vítima se sentir pequena, solitária e vazia. Ao contrário de pessoas equilibradas psicologicamente, o narcisista nunca pede desculpas por tratar alguém de maneira imprópria. Com cada desentendimento, o relacionamento com o narcisista permanece consistentemente tóxico.

O narcisista não reconhece seus próprios erros de comportamento, ao contrário das pessoas psicologicamente equilibradas. Ele não aborda sua própria atitude porque não está disposto a aprender ou a crescer pessoalmente. Ao recusar-se a admitir o impacto prejudicial que causa na autoestima daqueles que convivem com ele, mantém a vítima prisioneira da intransigência narcisista.

A triste realidade é que a probabilidade de conviver harmoniosamente com um narcisista é praticamente nula. O narcisista vê a vítima como uma válvula de escape emocional, usando as interações com ela para extravasar sentimentos de inferioridade.

Ele faz isso sem qualquer remorso, sabendo que condicionou a vítima a aceitar o tratamento que oferece. A cada vez que o narcisista magoa com suas palavras venenosas, fazendo comentários mesquinhos e maldosos sobre a vítima ou seu comportamento, ele sabe que, mesmo que a vítima reaja negativamente no momento, ela acabará relevando no futuro. O narcisista abusa, a vítima reage de forma negativa e depois releva. Isso se repete continuamente - o ciclo do abuso narcisista é infinito. Em outras palavras, o abuso narcisista não tem fim.

É claro que o narcisista não é 100% ruim o tempo todo, pois isso é humanamente impossível. Nem mesmo Adolf Hitler foi uma pessoa sórdida em todas as horas do dia, todos os dias do ano. Houve ocasiões em que ele tratou pessoas de forma aceitável, como seus apoiadores entusiastas.


Portanto, seria ilógico e infantil exigir que os outros tenham um comportamento exemplar em todas as situações. As vítimas costumam se contentar com muito menos. O problema é que o narcisismo não é democrático, ele é implacável. Os curtos períodos de calmaria no comportamento doentio do narcisista são seguidos por explosões de pura maldade, ódio e insatisfação. O comportamento abusivo do narcisista não é uma exceção, mas sim a regra.

Quando não é enfrentado de maneira assertiva, o ciclo do abuso narcisista se torna um processo vitalício, tornando extremamente difícil conviver com ele de maneira satisfatória, sem causar danos ao bem-estar emocional e psicológico da vítima.

Cortar o contato com um narcisista não é simples, pois eles não gostam de ser rejeitados, muito menos esquecidos. Encerrar um ciclo de abuso é uma tarefa árdua, que exige diligência e comprometimento. No entanto, apesar de ser um procedimento desafiador, que requer confiança e determinação, remover um narcisista da vida de alguém traz benefícios imensuráveis, incluindo a oportunidade de encontrar um amor genuíno e alcançar a felicidade.


Além disso, é importante reconhecer que, embora cortar o contato com um narcisista possa ser uma tarefa difícil, traz inúmeros benefícios. Entre esses benefícios estão a oportunidade de recuperar a autoestima e o bem-estar emocional e psicológico, que muitas vezes são gravemente afetados pela presença constante do narcisista. Para romper com esse ciclo de abuso narcisista, é fundamental adotar uma abordagem assertiva e cuidadosa. Aqui estão algumas etapas que podem ser úteis:

Defina limites claros:

Estabeleça limites para proteger a sua própria saúde mental e emocional. Comunique esses limites de maneira firme e assertiva, deixando claro o tipo de comportamento que você não tolerará.


Reduza a comunicação:

Diminua gradualmente a comunicação com o narcisista. Isso pode envolver diminuir o número de mensagens, ligações e encontros, criando uma distância emocional necessária.


Mantenha um círculo de apoio:

Busque o apoio de amigos, familiares e, se necessário, profissionais de saúde mental. Compartilhar suas experiências com pessoas de confiança pode fornecer um sistema de apoio valioso durante esse processo.


Planeje sua saída:

Se você compartilha uma residência ou obrigações financeiras com o narcisista, planeje cuidadosamente sua saída. Isso pode envolver encontrar um novo lugar para morar ou ajustar questões financeiras antes de cortar o contato.


Bloqueie o narcisista:

Depois de tomar a decisão de cortar o contato, bloqueie todas as formas de comunicação com a pessoa, seja por telefone, mídias sociais ou e-mail. É fundamental não ceder a tentativas de contato.


Cuide de si mesmo:

Após cortar o contato, concentre-se em sua própria recuperação. Isso pode incluir buscar terapia, praticar exercícios, meditar e adotar estratégias de autocuidado para reconstruir sua autoestima e bem-estar emocional.


Mantenha-se firme:

O narcisista pode tentar manipulá-lo, culpá-lo ou fazer promessas vazias para reconquistá-lo. Mantenha-se firme em sua decisão de cortar o contato e não ceda a manipulações.


É importante lembrar que, embora o processo de cortar o contato seja desafiador, ele é essencial para a sua própria saúde mental e emocional. Você merece viver uma vida livre do ciclo de abuso narcisista e buscar relacionamentos mais saudáveis e gratificantes. A recuperação pode levar tempo, mas o resultado final é a oportunidade de encontrar amor genuíno e alcançar a felicidade.


76 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Dissimulação do Narcisista: A Arte da Mentira

O narcisista faz da mentira seu hobby favorito, e ele não poupa esforços para enganar a vítima e todos à sua volta. Para ele, suas próprias vontades e desejos estão acima de tudo, e ele não hesita em

A Ausência de Compreensão do Narcisista:

A empatia é a habilidade de compreender e compartilhar os sentimentos dos outros. Pessoas comuns utilizam a empatia para expressar o amor e o respeito que têm uns pelos outros. A empatia fortalece os

O que é tratamento de silêncio narcísico?

O silêncio narcísico é uma ferramenta de controle poderosa que o narcisista patológico utiliza com frequência para manipular e punir suas vítimas. É uma forma de abuso emocional que tem o objetivo de

Comments


bottom of page