top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

Narcisismo

O narcisismo é um transtorno de personalidade que influencia profundamente a maneira como uma pessoa percebe a si mesma e o mundo ao seu redor. Quando falamos de uma personalidade narcisista, estamos nos referindo a alguém que exibe uma percepção disfuncional de si mesma. Essa pessoa tende a se considerar grandiosa, merecedora de todas as coisas e, ao mesmo tempo, tem uma visão negativa das pessoas ao seu redor, manifestando uma arrogância significativa. Os narcisistas geralmente acreditam que as pessoas ao seu redor não estão à altura de sua grandeza, e eles têm dificuldade em demonstrar empatia e respeito pelas necessidades e sentimentos dos outros.

O narcisista acredita que é uma pessoa privilegiada, que teve um tratamento especial na criação, e muitas vezes sente que foi escolhido por uma força superior. Essa pessoa se vê como superior aos outros, frequentemente desvalorizando aqueles que a cercam. Para o narcisista, os outros devem idolatrá-lo, servi-lo e reconhecer constantemente o quanto ele é notável. O narcisista é, portanto, propenso a estabelecer relacionamentos abusivos, onde ele espera que os outros estejam sempre à sua disposição.

O narcisista acredita que está sempre certo e exige que os outros reconheçam essa suposta superioridade. Além disso, ele anseia por admiração constante e elogios, colocando-se no centro das atenções. Os narcisistas podem ser difíceis de lidar, pois são excessivamente autorreferenciais e demonstram pouca humildade, recusando-se a admitir suas falhas ou aprender com os outros.

Quando se trata de relacionamentos, os narcisistas tendem a ser vazios, concentrando-se apenas em suas próprias necessidades e desconsiderando as dos outros. Eles não valorizam as trocas equitativas e frequentemente esperam que os outros façam concessões para estar com eles, pois se veem como companhias excepcionais e agradáveis.

A diferença entre um narcisista e um psicopata reside em quão frios e cruéis são. O psicopata age de maneira perversa, enquanto o narcisista usa os outros para aumentar seu próprio status e se sente merecedor de reconhecimento e elogios. O narcisista frequentemente tem sua raiz em uma infância marcada por uma falta de valorização, geralmente por parte dos pais, e cresce idealizando essas figuras, muitas vezes incapazes de reconhecer seus próprios erros. Aqueles que mantêm relacionamentos com narcisistas frequentemente têm baixa autoestima e acreditam que estão com uma pessoa excepcional, tornando-se dependentes da aprovação do narcisista.

Para se relacionar com um narcisista é essencial entender a origem de seu comportamento e traços de personalidade, que muitas vezes estão enraizados em uma infância de insegurança. É importante reconhecer que o narcisismo é um transtorno que afeta a maneira como essa pessoa interage com o mundo e os outros, e que a busca de ajuda profissional pode ser benéfica para todos os envolvidos.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

TERAPIA É UM PROCESSO DE "CURA"

A terapia representa uma caminhada significativa em direção ao autodescobrimento e renovação pessoal. Este percurso, embora repleto de desafios, é fundamentado na dedicação contínua, na paciência para

Narcisismo Oculto e Mídias Sociais

Em nossa era digital, as mídias sociais se tornaram um espelho ampliado da sociedade, refletindo as complexidades, as belezas e, por vezes, as sombras de nossa natureza humana. Entre essas sombras, o

コメント


bottom of page