top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

O que o narcisista sente quando é abandonado?

Quando um narcisista enfrenta o abandono, uma complexa tempestade emocional pode ser desencadeada, uma vez que seu senso de autoestima e identidade está frequentemente atrelado à maneira como são percebidos e valorizados pelos outros. O abandono, portanto, não é apenas uma perda relacional, mas também um golpe direto ao núcleo de sua autoimagem.

Para um narcisista, ser abandonado pode ser uma experiência extremamente perturbadora e dolorosa. Eles podem sentir uma mistura intensa de raiva, confusão e tristeza. A raiva geralmente surge porque o abandono pode ser percebido como uma injustiça ou uma traição, algo que desafia diretamente a imagem idealizada que têm de si mesmos. Eles podem questionar como alguém poderia deixar de admirá-los ou querer estar perto deles, visto que se consideram superiores ou dignos de adulação constante.

A confusão também é comum, pois o narcisista pode ter dificuldade em entender as razões por trás das ações do outro, especialmente se não houver uma autoanálise profunda sobre seus próprios comportamentos e como esses podem ter impactado negativamente a relação. Essa falta de insight pode levar a uma interpretação distorcida dos eventos, onde a culpa é frequentemente atribuída ao outro.

Além disso, o abandono pode provocar uma profunda tristeza, embora muitas vezes não reconhecida ou expressa abertamente. Essa tristeza pode estar ligada ao medo da solidão ou ao reconhecimento, mesmo que inconsciente, de que suas relações são superficiais e voláteis. O narcisista pode sentir um vazio quando as fontes habituais de validação e admiração são removidas, revelando a fragilidade de sua autoestima.


É importante lembrar que, embora o abandono possa ser uma experiência dolorosa para qualquer pessoa, no caso dos narcisistas, essas emoções são exacerbadas pela sua dependência crônica de aprovação externa para manter sua autoimagem. Em alguns casos, o evento pode desencadear uma crise pessoal que pode ser o catalisador para a busca de ajuda profissional e mudanças pessoais significativas, embora isso muitas vezes necessite de um apoio terapêutico consistente e especializado.

Entender a dor do abandono para um narcisista é crucial para abordar e tratar as raízes profundas do transtorno de personalidade narcisista, possibilitando abordagens mais compassivas e efetivas que auxiliem na construção de relações mais saudáveis e na melhoria da qualidade de vida do indivíduo.

34 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page