top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

Qual é a diferença entre espelhamento e mimetismo?

O mimetismo e o espelhamento estão frequentemente associados a formas de comunicação não-verbal, como, por exemplo, posturas, gestos ou expressões faciais. Também espelhamos as palavras e a linguagem de um modo geral. Isso é um sinal de que as pessoas estão em sincronia umas com as outras. É uma forma de empatia, de nos colocarmos no lugar do outro.


"Parece que estamos sintonizados para ver outras pessoas como iguais a nós, em vez de diferentes. Como seres humanos, identificamos a pessoa que temos à nossa frente como alguém similar a nós." - Vittorio Gallese, MD, Ph.D.

Dessa forma, nos conectamos facilmente com aqueles com quem nos relacionamos. A técnica de espelhamento se refere à imitação dos comportamentos físicos e verbais daqueles com quem nos comunicamos. Essa técnica constrói compreensão e empatia entre os comunicadores, ou seja, facilita a conexão com o outro.


Os neurônios-espelho, ou seja, um conjunto de células em nosso cérebro, ativam o espelhamento como resposta às ações das pessoas com as quais frequentemente interagimos. (*)

Certamente já observamos esse comportamento nas relações pessoais: imitar um certo padrão de fala de um amigo ou adotar um estilo de comportamento de um cônjuge. Essa prática é marcada pela utilização de expressões ou gestos de comunicação semelhantes quando interagimos com os outros.


A Tática do Espelhamento é o comportamento de uma pessoa que inconscientemente imita o gesto, padrão de fala ou atitude de outra. O espelhamento ocorre frequentemente em situações sociais, principalmente entre amigos ou familiares próximos. Os bebês podem imitar comportamentos duas a três semanas após o nascimento.

O espelhamento é um método aplicado nas vendas e em qualquer outra negociação comercial. É cada vez mais importante que o vendedor ideal seja alguém que possa se adaptar ao cliente e ao seu estilo de comunicação — sejam gestos, expressões faciais ou linguagem.

Ao repetirmos o que é dito, frequentemente demonstramos que compreendemos.


  • PARA OS MAIS CURIOSOS

Imitar e espelhar são alguns dos métodos mais comuns que os narcisistas utilizam com bastante frequência. Especialmente no início da relação, o narcisista começa a analisar o parceiro. Seja em uma relação romântica ou profissional, ou até mesmo em uma amizade casual, o narcisista analisa cuidadosamente o que é necessário em uma relação, agindo para alcançar seus objetivos.

Um dos maiores desafios no estudo do Transtorno de Personalidade Borderline (TPB) é o "Efeito Camaleão" — ou "mimetismo". Isso se refere a uma mudança constante e inconsciente na identidade da pessoa, enquanto ela tenta se adaptar ao ambiente ou às pessoas ao seu redor. É uma manifestação da incapacidade básica ou dificuldade em estabelecer uma identidade estável.

O espelhamento ocorre quando pessoas com distúrbios de personalidade têm uma imagem vaga ou distorcida de si mesmas, o que pode levar à imitação da fala, maneirismos, comportamentos, estilo de vestir ou hábitos diários de outra pessoa.

Em manifestações mais extremas desse comportamento, a pessoa que está "fazendo" o espelhamento pode começar a acreditar que é realmente a outra pessoa, afirmar ser ela ou 'pegar emprestados' elementos da vida da outra pessoa, como relacionamentos, experiências passadas, carreira ou história familiar, e reivindicá-los como seus.

O espelhamento pode ser uma forma de dissociação, onde os sentimentos da pessoa criam "fatos" que não são verdadeiros.

Frases na fase do espelhamento:


"Temos tantas coisas em comum." "Gostamos de muitas das mesmas coisas, é maravilhoso." "Temos uma sintonia incrível, em todos os aspectos. Somos realmente almas gêmeas."


O narcisista se transforma em uma extensão de todos os desejos e sonhos do parceiro. Ele alcança isso através da Técnica de Espelhamento, observando minuciosamente cada necessidade, desejo e sonho da vítima, projetando-se exatamente como ela espera, tornando-se assim um personagem perfeito.

(*) Os neurônios-espelho são um tipo de células cerebrais que respondem de maneira semelhante quando executamos uma ação e quando testemunhamos outra pessoa executando a mesma ação.

Você já se perguntou por que sempre sente a necessidade de bocejar quando vê alguém fazendo isso?

Pode parecer uma reação inconsciente simples ao que vemos, mas é na verdade algo muito mais complexo. Nossos cérebros são compostos por muitos neurônios e células (cerca de 100 bilhões de neurônios e dez vezes mais células gliais), embora o número absoluto de neurônios e células gliais no cérebro humano permaneça desconhecido. Entre essas células, existe um grupo especial chamado neurônio espelho, que é responsável por esse fenômeno. Essas células nos permitem aprender, através da imitação, a responder não apenas aos nossos próprios estados internos ou estímulos ambientais, mas também às ações, movimentos e estados emocionais das outras pessoas.


A pesquisa tem sugerido que os neurônios-espelho podem explicar não apenas a empatia, mas também o autismo e até mesmo a evolução da linguagem.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Dissimulação do Narcisista: A Arte da Mentira

O narcisista faz da mentira seu hobby favorito, e ele não poupa esforços para enganar a vítima e todos à sua volta. Para ele, suas próprias vontades e desejos estão acima de tudo, e ele não hesita em

A Ausência de Compreensão do Narcisista:

A empatia é a habilidade de compreender e compartilhar os sentimentos dos outros. Pessoas comuns utilizam a empatia para expressar o amor e o respeito que têm uns pelos outros. A empatia fortalece os

Cortando Contato com o Narcisista:

Cada briga e discussão com o narcisista faz a vítima se sentir pequena, solitária e vazia. Ao contrário de pessoas equilibradas psicologicamente, o narcisista nunca pede desculpas por tratar alguém de

Comments


bottom of page