top of page
  • Foto do escritorPsicólogo Flávio Torrecillas

Vítimas de Narcisistas: Primeira Consequência - Baixa Autoestima

A autoestima é caracterizada pela capacidade de auto aceitação, que se manifesta em indivíduos com autoestima saudável através das seguintes características:

  • Possuem uma identidade pessoal sólida e bem definida;

  • Estabelecem padrões individuais que abrangem seu perfil físico, cognitivo, emocional e psicológico;

  • Reconhecem tanto seus atributos positivos como suas fraquezas e coexistem harmoniosamente com ambos;

  • Avaliam suas ações de maneira madura, coerente e equilibrada;

  • São proficientes em estabelecer e manter limites pessoais.


Desenvolver uma autoestima saudável quando se convive com um narcisista sob o mesmo teto é um desafio significativo.

Mesmo que a vítima se esforce para alcançar seu potencial, ela frequentemente se afasta de seus interesses pessoais para atender às demandas e expectativas do narcisista.


Dado que o narcisista apenas valoriza o que lhe beneficia diretamente, as habilidades e qualidades da vítima muitas vezes são ignoradas ou rejeitadas. Caso a vítima demonstre uma habilidade que supere a do narcisista, essa aptidão é desconsiderada ou descartada.

Inserida na influência desse relacionamento e incapaz de se manter fiel a si mesma, a vítima se torna, de certo modo, uma escrava dos ideais narcisistas.


Em vez de se afirmar através de suas ações, a vítima se nega, resultando em sentimentos de insatisfação, vazio e confusão. É importante notar que ninguém se sente feliz e satisfeito ininterruptamente, já que o bem-estar de uma pessoa é influenciado por diversos fatores.

Indivíduos com uma autoestima sólida conseguem enfrentar os desafios com equilíbrio, sem comprometer sua autoestima. Eles são capazes de abordar as demandas e situações de suas vidas de maneira objetiva, sem envolver sentimentos autodestrutivos como culpa e raiva.


No entanto, para aqueles com baixa autoestima, como é frequentemente o caso das vítimas de narcisistas, reconhecer e validar seus próprios atributos é uma tarefa árdua. Nos próximos textos, exploraremos os fundamentos da baixa autoestima em vítimas de narcisistas, pois a atitude da vítima em relação a si mesma geralmente tem um impacto negativo em seu amor-próprio.


Na verdade, as vítimas de narcisistas enfrentam desafios únicos quando se trata de desenvolver e manter uma autoestima saudável.

O narcisista, com sua necessidade insaciável de atenção e validação, muitas vezes coloca a vítima em um papel de submissão constante, onde a própria identidade e autoestima da vítima são frequentemente negligenciadas em favor do narcisista.


Aqui estão alguns dos principais fatores que afetam negativamente a autoestima das vítimas de narcisistas:


  • Identidade Fragmentada:

As vítimas frequentemente moldam sua própria identidade com base nas demandas e expectativas do narcisista. Elas se veem através dos olhos do narcisista, resultando em uma identidade fragmentada e frágil.


  • Desvalorização das Habilidades:

O narcisista pode ignorar ou minimizar as habilidades e conquistas da vítima, fazendo com que ela duvide de seu próprio valor e competência.


  • Perfeccionismo Irrealista:

Para agradar ao narcisista, as vítimas muitas vezes adotam um padrão de perfeição que é impossível de ser alcançado, o que as leva a sentir que nunca são boas o suficiente.


  • Dificuldade em Lidar com Críticas:

Devido a experiências passadas de críticas constantes do narcisista, as vítimas podem reagir de maneira extrema a qualquer crítica, o que prejudica ainda mais sua autoestima.


  • Medo de Cometer Erros:

O medo de errar, influenciado pelas expectativas do narcisista, pode levar as vítimas a evitarem desafios e novas experiências, limitando seu crescimento pessoal.


  • Autoimagem Distorcida:

As vítimas muitas vezes têm uma autoimagem distorcida de si mesmas devido à manipulação e controle exercidos pelo narcisista, o que as impede de reconhecer seus atributos positivos.


  • Incapacidade de se Conectar com Emoções:

Para evitar a ira do narcisista, as vítimas podem desconectar-se de suas próprias emoções, levando a uma sensação de vazio e insatisfação constante.


  • Motivação pela Culpa:

A culpa e a obrigação podem frequentemente ser os principais motores das ações da vítima, levando-a a negligenciar suas próprias necessidades em prol das expectativas alheias.


Reconhecer esses desafios é o primeiro passo para a recuperação da autoestima nas vítimas de narcisistas. É fundamental que essas vítimas busquem apoio, terapia e recursos que as ajudem a reconstruir uma autoestima saudável e reconhecer seu próprio valor independentemente das demandas do narcisista.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Como evitar a entrada de um narcisista na sua vida?

Tudo começa com a sedução e o encantamento, geralmente, a porta de entrada para um narcisista será a identificação de suas necessidades emocionais. Essas necessidades podem abranger várias áreas, tais

Comments


bottom of page