top of page
  • Foto do escritorThyz Muszynsky

"Renfield: Uma análise psicológica do novo filme de vampiro estrelado por Nicolas Cage"

Atualizado: há 3 dias

O filme "Renfield: Dando o Sangue Pelo Chefe" é uma mistura de terror e comédia que apresenta uma interessante visão da psicologia sobre o comportamento humano e suas motivações. O filme aborda as características do narcisismo e do narcisista, sendo o narcisismo um traço de personalidade caracterizado pelo excesso de amor próprio e preocupação exagerada com a imagem pessoal, enquanto o narcisista é uma pessoa que apresenta esse traço de forma extrema, prejudicando suas relações interpessoais.

Renfield é um exemplo de comportamento de submissão e controle, seguindo ordens de uma autoridade, mesmo que contrárias às suas próprias convicções morais, enquanto Drácula é um exemplo claro de narcisista, com comportamento egocêntrico, vaidoso e desprovido de empatia, buscando sempre reforço de sua autoimagem por meio da manipulação de outras pessoas.


O filme ainda aborda o conceito de suprimento narcisista, que é a necessidade do narcisista de ter sua auto imagem reforçada por outras pessoas. Apresenta questões psicológicas relacionadas à obsessão e ao narcisismo, que são temas centrais da trama. Renfield é retratado como um indivíduo obcecado por coletar insetos e oferecer sangue ao vampiro.


O filme explora como essas condições podem afetar a vida das pessoas e se tornar um obstáculo para suas relações interpessoais. Também explora temas como impulsividade, busca por prazer imediato e falta de controle emocional, que estão relacionados a transtornos de personalidade, como o transtorno borderline e o transtorno histriônico. Esses transtornos são caracterizados por comportamentos impulsivos e emocionalmente instáveis, que podem causar conflitos interpessoais e problemas de relacionamento.


O filme apresenta outros aspectos da psicologia relacionados à personalidade dos personagens, que serão citados a seguir.


Renfield é o personagem principal do filme e apresenta traços de transtorno obsessivo-compulsivo, ansiedade e insegurança. Ele é facilmente manipulado pelos outros e tem dificuldade em estabelecer limites. Além disso, exibe traços de transtornos de personalidade como o borderline e o dependente, com uma necessidade constante de validação e afirmação dos outros, podendo se tornar obcecado com as pessoas que ele considera importantes. Também tem comportamentos impulsivos.


O Conde Drácula é o vilão do filme é retratado como um ser arrogante e narcisista. Ele tem uma necessidade de controle e dominação, usando seus poderes vampíricos para manipular e subjugar seus seguidores. O personagem apresenta características de personalidade narcisista, como excesso de amor próprio, vaidade excessiva e falta de empatia. Oque pode se tornar um transtorno.

O vampirismo do personagem é visto como uma metáfora para como o narcisismo pode afetar as relações interpessoais.



Algumas frases narcisistas ditas pelo conde Drácula:

  • "Eu sou um homem muito ocupado e não tenho tempo para coisas triviais como a morte."

  • "Sou um vampiro, Renfield. A morte é meu pão de cada dia."

  • "Aqueles que cruzam meu caminho geralmente não têm a oportunidade de se arrepender."

  • "Se você me trair, vou transformar sua alma em uma refeição para os corvos."

  • "Você pode ter a liberdade, Renfield, mas escolha sabiamente. A liberdade pode ser um luxo mortal."

  • "Como você pode ver, sou um homem de gostos refinados."

  • "Renfield, meu caro amigo, você sabe que eu sempre aprecio seus esforços para me agradar."

  • "Não se preocupe, Renfield. Não é tão ruim assim ser meu servo. Eu sou muito generoso com aqueles que me servem bem."

  • "A vida é tão curta, Renfield. Por que não desfrutar de seus prazeres enquanto ainda pode?"

  • "Acredite em mim, Renfield, eu sou um homem de palavra. Eu sempre cumpro minhas promessas."



A mãe de Tedward 'o lobo' é retratada como uma figura materna controladora e manipuladora, que usa técnicas de chantagem emocional para mantê-lo sob seu controle. Essa representação sugere uma personalidade narcisista e manipuladora, que pode levar a problemas significativos de personalidade e psicológicos para o filho.


Tedward Lobo lida com problemas de identidade e pode ser descrito como alguém com traços de transtorno de personalidade esquizotímica.





Rebecca lida com problemas de ansiedade e culpa, com traços de transtorno de ansiedade.


Carol luta com problemas de baixa autoestima e autoconfiança, com traços de transtorno de personalidade dependente.


Caitlyn lida com problemas de raiva e agressão, com traços de transtorno de personalidade borderline.


Mudando de cena:


No filme, o terapeuta presenteia Renfield com um livro cujo objetivo é ajudá-lo em seu caminho com seu ''chefe narcisista''. Onde Renfield, frente a frente com o Drácula, lê a seguinte frase:

''Eu não vou tolerar mais seus abusos''

Na perspectiva psicológica, essa cena do filme mostra Renfield em um momento de empoderamento e autoafirmação, após ser presenteado com o livro pelo terapeuta. A leitura da frase "Eu não vou tolerar mais seus abusos" demonstra uma mudança na postura de Renfield, que antes se submetia às ordens abusivas do Drácula, mas agora está disposto a estabelecer limites e defender a si mesmo.


tradução da imagem: ''Como se defender de um narcisista''.

Algumas frases do terapeuta de Renfield em "Renfield: Dando o Sangue Pelo Chefe" que podem ser consideradas impactantes no filme são:




"Você não pode mudar o passado, mas pode controlar o futuro."

Essa frase do terapeuta de Renfield mostra a importância de focar no presente e no futuro, em vez de ficar preso ao passado e a eventos que não podemos mudar. Isso ajuda Renfield a se concentrar em suas ações atuais e a trabalhar para melhorar sua situação.


"Você tem o poder de escolher como reage às situações."

Essa frase mostra que, embora Renfield possa não ter controle sobre tudo o que acontece em sua vida, ele tem controle sobre suas próprias reações e escolhas. Isso encoraja Renfield a ser mais consciente de suas ações e a tomar decisões que o ajudem a alcançar seus objetivos.


"Não se trata apenas de superar a dependência, mas de encontrar um propósito maior."

Essa frase do terapeuta mostra que, para Renfield, se libertar de seus comportamentos compulsivos não se trata apenas de se livrar de um problema, mas de encontrar um propósito maior em sua vida. Isso ajuda Renfield a encontrar uma motivação para mudar e a trabalhar para alcançar seus objetivos.


Essas são apenas algumas das frases do terapeuta de Renfield que podem ser consideradas impactantes no filme. Cada espectador pode ter uma opinião diferente sobre o que é mais importante ou significativo para eles, dependendo de suas próprias experiências e perspectivas.



O filme "Renfield: Dando o Sangue Pelo Chefe" transmite lições importantes sobre a importância do equilíbrio emocional e do controle de impulsos em nossas vidas.

Os personagens que são incapazes de manter a calma e a razão acabam enfrentando consequências negativas, enquanto aqueles que conseguem controlar suas emoções lidam melhor com os desafios.

Outra lição do filme é a necessidade de se libertar de obsessões e comportamentos compulsivos que podem prejudicar nossa saúde mental.


(... ALERTA PEQUENO SPOILER....)

No final do filme, vemos que o personagem Renfield é capaz de se libertar de suas obsessões e comportamentos compulsivos, e que ele consegue recuperar o controle sobre sua vida. Isso pode ser interpretado como uma mensagem de que, mesmo quando estamos passando por dificuldades e enfrentando problemas psicológicos, ainda é possível encontrar uma saída e superar essas questões.


Filme: RENFIELD - DANDO SANGUE PELO CHEFE

Ano de lançamento: Maio/2023

Direção: Chris McKay

Roteiro Ryan Ridley

Imagens: Retiradas das cenas do filme.

Créditos texto: Psico. Flávio Torrecillas.






52 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo

4 Comments


andreiapintomesquita
May 15, 2023

Vou assistir hoje esse filme. Pelo o que li aqui parece ser riquíssimo em conteúdo sobre narci** . Obrigada Flávio por informações tão valiosas. Valeu demais a dica . 👏🏻👏🏻👏🏻

Like
Psicólogo Flávio Torrecillas
Psicólogo Flávio Torrecillas
May 18, 2023
Replying to

O filme passa uma visão sobre o narcisismo, vale a pena assistir.

Like

alessandralira1975
May 11, 2023

Nossa amei a história desse filme, vou assistir, a história é parecida com a minha ,vivi um relacionamento abusivo e ainda trabalho com meu marido, sendo sócia dele ,mas estou mais como uma escrava dele ,até despedida já fui da minha própria loja 😡 .

Amo o seu trabalho dr.flavio todos os dis pela manhã, vê-lo suas mensagens e me fortalece pra eu continuar vivendo obrigada ❤

Like
Psicólogo Flávio Torrecillas
Psicólogo Flávio Torrecillas
May 18, 2023
Replying to

espero que goste do Filme.

Like
bottom of page